Hiperfoco

Pode -se dizer que uma mudança comportamental apresenta generalidade, caso se mostre durável através do tempo; caso apareça numa variedade de comportamentos relacionados.” Bater, Wolf e Ridley ( 1968).

É essencial a generalização das habilidades aprendidas em contextos terapêuticos para ambientes menos estruturados como: casa, escola, passeios com familiares e amigos, viagens…

Afinal, o objetivo é que a criança consiga socializar, brincar, se comunicar de forma funcional não apenas nos consultórios, mas em diversos contextos e situações naturais da vida.

Por exemplo, uma criança que aprende a habilidade de escovação de dentes no consultório, só podemos afirmar que ela consolidou esse conhecimento se ela generaliza-lo ou seja, se ela escovar os dentes em casa, na casa da vovó, na escola, em um hotel ou em qualquer lugar que necessite da execução desta tarefa.

Crianças que estão dentro do Transtorno do Espectro Autista tem como um dos critérios diagnósticos os padrões rígidos de comportamento, dessa forma se apegam a rituais, são mais inflexíveis a mudanças.

É necessário que o ensino dessas habilidades seja realizado em ambientes diferentes, com pessoas diferentes, objetos diferentes, pistas visuais trazendo previsibilidade de quais, como e onde as atividades irão acontecer ao longo do dia pode ser uma boa estratégia.

Dra. Janiele Santos

Terapeuta Ocupacional | Pós em TEA


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *