FEZ DIETA RESTRITIVA E ESTAGNOU? FAÇA ISSO!

É muito comum que após uma grande restrição e uma grande perda de peso essa perda de peso pare ou reduza.

Isso pode acontecer tanto por uma baixa adesão a longo prazo da dieta Ou principalmente porque seu corpo faz diversas modificações metabólicas e hormonais para poupar gordura, por exemplo: aumento da fome (cada kg de peso aumenta a fome em 100kcal), redução da taxa metabólica devido redução do peso e de hormônios como T3.

Então o que fazer agora, nutri? Segue aqui algumas dicas para você sair desse platô:

1- Mudanças de calorias da dieta: se a dieta não estiver muito restrita, pode-se aumentar um pouco mais a restrição calórica. Mas se a dieta já estiver restrita demais, pode-se mudar o objetivo e aumentar gradualmente, por um período curto, a caloria da dieta, isto mesmo, aumentar!

Isso auxiliaria em um aumento de massa magra, melhora de performance e geraria estímulo diferente ao corpo. Depois voltaríamos a restringir aos poucos.

2- Aumentar ou mudar o estimulo do exercício físico: gerar mudanças nas atividades diárias como caminhar mais, subir escadas…ou então mudar o próprio exercício gerando estímulos diferentes ao corpo e fazendo você gastar mais calorias.

3- Periodização Nutricional: aqui é a hora onde podemos utilizar um jejum bem orientado, uma dieta lowcarb ou cetogênica por um período, podemos ciclar carboidratos… entre outras.

E antes de qualquer coisa, lembre-se que se você já começa com um grau de restrição enorme, vai ser cada vez mais difícil ter continuidade na perda de peso.

Por isso esses ajustes e mudanças devem ser feitos de forma inteligente e bem orientada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *