QUANDO É NECESSÁRIO ATENDIMENTO PSIQUIÁTRICO URGENTE?

De modo simples, a resposta dessa dúvida comum é: quando os pacientes apresentam riscos significativos para si mesmos e/ou terceiros.

Abaixo enumero algumas situações que exigem intervenção psiquiátrica de forma imediata, atenção!

1) Risco de suicídio – pacientes com pensamentos de autoextermínio precisam ser avaliados e protegidos de modo imediato. Pode parecer óbvio, mas muita gente ainda não entende que, se alguém fala em se matar, essa pessoa precisa de atendimento psiquiátrico o mais breve possível.

2) Psicose – pacientes com perda de contato com a realidade podem apresentar risco de auto e heteroagressividade, representando potencial ameaça não apenas para si mesmos, mas também para terceiros. Como se isso não fosse bastante, também estão propensos a intensos prejuízos financeiros e/ou sociais, por exemplo, expondo-se e falando coisas que não deveriam. Por isso, devem ser avaliados tão logo quanto possível.

3) Abstinência a uso de psicoativos (como drogas) – pacientes que param abruptamente o uso de substâncias diversas podem evoluir com síndrome de abstinência grave. Por exemplo, podem desenvolver delirium, com alucinações, tremores e até mesmo crises convulsivas.

Esses são apenas alguns exemplos, os que considero fundamentais. Mas não arrisque! Em caso de dúvida, procure o médico psiquiatra o mais brevemente possível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *