Ansiedade e Homens: O mito do Super-Homem.

A maioria dos homens acreditam que precisam fazer tudo.

Evitam conversas com os amigos quando estão se sentindo mal, adiam conversas com esposas ou namoradas sobre como se sentem, simplesmente porque precisam manter a ideia de que “ser homem” significa ser forte.

Esses tipos de normas sociais em torno da masculinidade são extremamente prejudiciais, especialmente quando se trata de sua saúde mental.

Isso torna muito difícil para reconhecer quando algo não está indo bem e ainda mais difícil de alcançar os tipos de apoio que precisam quando decidem mudar.

É importante lembrar que a saúde mental de todos varia durante a vida e pode avançar de um lado a outro, ou seja, entre ser positivo e saudável a sintomas ou condições severas, em resposta a diferentes estressores e experiências.

Todos os indivíduos experimentam estresse em diferentes momentos em suas vidas. Poderia se sentir sobrecarregado no trabalho ou se sentir nervoso antes de fazer um discurso na empresa … Esses estresses do dia-a-dia são “normais”, são parte da vida.

Mas a ansiedade é diferente. A ansiedade é o medo de que algo ruim aconteça. A ansiedade faz com que você veja ameaças e perigo onde não existe. É intenso, perturba a sua vida e continua mesmo quando uma situação estressante passou.

Suas preocupações podem fazer com que você se sinta em pânico, tenso ou como se estivesse perdendo o controle!

É uma questão também social. Os homens são mais incentivados a usar estratégias como o uso de substâncias, para suprimir suas emoções. Ou, representar emoções de uma forma agressiva, mas “socialmente aceitável”.

Homens são menos predispostos a ter ansiedade do que mulheres. Eles também são menos propensos a falar sobre isso. Isso aumenta o risco de que a ansiedade ou a depressão não seja reconhecida e tratada.

A ansiedade pode ser uma condição séria, mas você não precisa deixar isso controlar você.

Assim como a depressão, a ansiedade é tratável. Se você está tendo sintomas de ansiedade, é importante obter apoio para que você possa começar a melhorar.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *