Está difícil namorar no mundo gay?

A maioria dos gays que querem namorar falam que ninguém quer eles chegando inclusive a questionar se existe ou não amor no universo LGBT +? ?…

Mas a verdade é que esses meninos reclamões da “solidão” do mundo gay são os mesmos meninos que no dia a dia e nos aplicativos de namoro só buscam RELACIONAMENTO SÉRIO com o boy fortinho, alto, barbudo, masculino, branco ou de pele clara padrão Smart fit.

Observe a foto acima: Eu não sei se nessa imagem temos 3 pessoas ou a mesma pessoa em fases diferentes da vida. REFLITA SOBRE ISSO.

Na psicologia da colonização vimos que nascemos numa lógica social afetiva onde até mesmo os nossos órgãos dos sentidos são colonizados, ou seja, quando você abre os olhos o seu campo de visão enxerga um mundo onde o estético e o belo são conceitos de um mundo colonizado.

RESULTADO: Você irá buscar o parceiro romântico que mais se aproxima dos padrões coloniais de relacionamento (como a religião, a classe, corpo, raça e gênero).

E quando eu falo essas coisas eu tbm me escuto, acontece que na maioria das vezes esses padrões coloniais estão tão embutidos nos nossos padrões de relacionamento que perdemos a noção da linha que divide as vontades do meu ego e os padrões de desejo dele.

Por isso que todo mundo quer namorar mas a verdade é que todo mundo gosta é de sofrer pelo ex.

“Aaah Jack mas antigamente os relacionamentos duravam mais…”

MITO. O que acontece é que o armário, a moralidade e o controle social sobre os corpos gays eram tão rígidos que os relacionamentos tendiam a ser mais duradouros por causa da própria dificuldade de encontrar um outro relacionamento duradouro.

Isso sem falar que o casamento e os relacionamentos públicos são conquistas atuais que a sociedade LGBT+ ainda está incorporando isso em suas vidas.

O que fazer? Observe mais as pessoas a sua volta, se permita, namore e se apaixone pela multiplicidade de corpos que a VIDA PODE lhe oferecer.

Afinal de contas um coração colonizado pode custar muito caro pra vida de um menino “solteiro” e solitário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *